Pensamentos de Deus

Todos os dias uma nova mensagem de Deus para sua vida!

Buscar Mensagens

Mensagens de 2021

Newsletter

Cadastre seu e-mail e receba todo dia uma mensagem poderosa e abençoada!

Redes Sociais

Nos ajude a compartilhar a Palavra de Deus!

Tristezas de um Pai.

Mensagem publicada em: 16.11.2014
Compartilhe essa mensagem:

" Passados não muitos dias, o filho mais moço, ajuntando tudo o que era seu, partiu para uma terra distante e lá dissipou todos os seus bens, vivendo dissolutamente."  Lucas 15.13.

O pai, na parábola ensinada por Jesus, possuía dois filhos. Os dois eram rebeldes, mas cada um a sua maneira. O pai insistia continuamente com o filho mais novo, para que atentasse para suas palavras e ensinos. Como todo pai que muito ama, queria que estivesse lado a lado, para que houvesse intimidade  e perfeita união entre pai e filho. 

A rebeldia deste filho é descarada. Simplesmente quer apenas os bens que o pai tem. Muitos cristão são assim. O Pai continuamente Lhes fala que quer intimidade, mas os filhos olham, apenas, nas Suas mãos, para ver o que receberão: bens materiais, saúde, um namorado(a)/cônjuge, porta de emprego, entre inúmeras bençãos que Deus tem para dar.  Desejam bençãos, não o Pai. 

Recebida a sua herança, o filho entende que não mais precisa do pai, e saí da sua presença, abandonando e desprezando-o. Cristão vão na casa do Pai, recebem as bençãos, porque o Pai é abençoador, para, em seguida, desprezá-lO e abandoná-lO. O outro filho, que nunca saiu da casa do Pai e nem o deixou, também é rebelde. Jamais possuiu um verdadeiro relacionamento com o pai. Aturou-o, apenas, pois não se alegrou com ele. 

Há cristãos que nunca deixam de estar na casa do Pai, até trabalham para Ele, mas, no fundo, apenas aturam-nO. Cumprem as Suas ordenanças, mas, longe de "Seus olhos", resmungam e fica patente que as cumprem por obrigação. Quando milagres acontecem com aqueles que foram rebeldes, porque se arrependeram, acusam ao Pai por ser misericordioso. Não se alegram com Ele !

Deus, nosso Pai, ama incondicionalmente os dois filhos, como nós pais. O primeiro filho errou, o pecado pesou em seu coração. Confessado o pecado a Deus, mudanças ocorreram em seu coração, que geraram mudança em seu comportamento. Arrependido, volta ao pai para nunca mais abandoná-lo. O outro filho, confrontado, não reconhece o erro e nele permanece. Embora na casa do pai, está longe dele. Peçamos perdão a Deus, arrependamo-nos dos nossos pecados, e amemos ao Pai em Espírito e em Verdade.

Com amor, em Cristo Jesus.  

Leve o Pensamentos de Deus com você

Baixe o aplicativo na Play Store

Baixe o aplicativo Pensamentos de Deus gratuitamente na loja de aplicativos de seu celular e leia as mensagens onde estiver!

Desenvolvido por UPPERTEC.