Pensamentos de Deus

Todos os dias uma nova mensagem de Deus para sua vida!

Buscar Mensagens

Mensagens de 2021

Newsletter

Cadastre seu e-mail e receba todo dia uma mensagem poderosa e abençoada!

Redes Sociais

Nos ajude a compartilhar a Palavra de Deus!

Perdão : Obediência que transforma o coração.

Mensagem publicada em: 21.08.2014
Compartilhe essa mensagem:

" Disse José a seus irmãos : Agora, chegai-vos a mim. E chegaram-se. Então, disse: Eu sou José, vosso irmão, a quem vendestes para o Egito". Gênesis 45.4.

Jesus ensinava ao discípulos uma lição que confrontava o pensamento de todos, e, por verdade, esta contrariedade permanece até hoje. Falava-lhes sobre o perdão. Pedro toma a frente e lhE faz uma pergunta que estava no coração de todos: " ... até quantas vezes meu irmão pecará contra mim, que eu lhe perdoe? Até sete vezes?  Respondeu-lhe Jesus : Não te digo que até sete vezes, mas até setenta vezes sete". (Mt.18.21-22).  

Sete vezes até é possível perdoarmos, mas quatrocentos e noventa vezes parece impossível. Não é !  Como conseguir ?  O rei Davi escreveu : " Pois tu, SENHOR, és bom e perdoador, abundante em benignidade para com todos os que te invocam." (Sl.86.5).

Deus é perdoador. Jesus fazia o que Deus lhE mandava. Jesus nos disse: " Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda, esse é o que me ama; e aquele que me ama, será amado do meu Pai, e eu também o amarei e me manifestarei a ele. " (Mt.14.21). Ao ter em nosso coração os mandamentos de Jesus, contidos na Palavra, estaremos amando verdadeiramente Jesus como Ele nos amou. É a Sua manifestação em nossa vida !

Esse amor puro, vindo de Jesus, chega a jorrar de nosso coração e, com ele, o perdão. José foi lançado em uma sisterna, logo em seguida vendido, tudo pelos próprios irmãos. (Gn.37.24-28). Pensamos que é motivo para nunca mais perdoarmos, ante tamanha maldade!  Pensamos errado. José vive tudo o que Deus tinha para ele, glorificando-O. Ao obedecê-lO, o amor de Deus inundou seu coração, e o sentimento mau foi transformado em paz. 

José pede para os opressores chegarem perto, porque, aos seus olhos, não eram mais opressores, mas seus irmãos de sangue. Se apresenta com o seu próprio nome, porque não se vê mais como um traído, mas como irmão tanto quanto eles. Não aproveita a necessidade dos irmãos/ofensores, para lhes retribuir o mal, mas, ao contrário, supre-lhes não só a necessidade momentânea, como para todos os dias de sua vida. (Gn.50.21). É o que acontece quando Jesus é SENHOR do nosso coração! Lembra-se da oração do Pai nosso : " Perdoa-nos as nossas dívidas... " (Mt.6.9-13). 

Com amor, em Cristo Jesus. 


Leve o Pensamentos de Deus com você

Baixe o aplicativo na Play Store

Baixe o aplicativo Pensamentos de Deus gratuitamente na loja de aplicativos de seu celular e leia as mensagens onde estiver!

Desenvolvido por UPPERTEC.