Pensamentos de Deus

Todos os dias uma nova mensagem de Deus para sua vida!

Buscar Mensagens

Mensagens de 2021

Newsletter

Cadastre seu e-mail e receba todo dia uma mensagem poderosa e abençoada!

Redes Sociais

Nos ajude a compartilhar a Palavra de Deus!

Setenta vezes sete !

Mensagem publicada em: 17.05.2016
Compartilhe essa mensagem:

" Então, Pedro, aproximando-se, lhe perguntou : Senhor, até quantas vezes meu irmão pecará contra mim, que eu lhe perdoe? Até sete vezes ?  Respondeu-lhe Jesus :  Não te digo que até sete vezes, mas até setenta vezes sete. "  Mateus 18.21-22.

A regra observada entre os judeus, segundo os ensinos da literatura judaica, era de que uma pessoa devia perdoar a outra até três vezes.  Pedro, demonstrando extrema benevolência e santidade, pergunta se sete, o número da plenitude e limite, seria a quantia ideal para perdoar, portanto, muito além do que era ensinado.

Jesus responde o que Pedro jamais imaginou : "Setenta vezes sete ! " Pedro limita-se  a sete vezes, Jesus a quatrocentos e noventa. Para Pedro o perdão era quantitativo, mas para Jesus qualitativo. Jesus vai mais longe em sua resposta, pois ensina que o ato de perdoar não ocorre em função de haver arrependimento da parte ofensora, mas deve-se perdoar mesmo quando não há  nenhum arrependimento do ofensor.

Havendo arrependimento fica mais simples perdoar, mas não foi esse exemplo dado por Cristo :  Na cruz do calvário, mesmo sem ocorrer arrependimento dos seus algozes, ainda assim Jesus clamou pelo perdão de todos : " Contudo, Jesus dizia: Pai,  perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem. " (Lc.23.34a).  O apóstolo Paulo nos lembrou que devemos ser seus imitadores, como ele era de Cristo. (1Cor. 11.1).

Para o Senhor não há limites para perdoar. Como Seus imitadores, devemos fazer o mesmo. Só conseguiremos perdoar esta quantidade de vezes, se verdadeiramente O Espírito Santo estiver nos guiando, porque o espírito do homem, falho e limitado, não suporta tal afronta. Quanto mais buscarmos a presença do Espírito Santo, mais receberemos do seu fruto : amor, alegria, paz, longanimidade, benignindade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio prório. (Gl.5.22-23).  Apenas o Espírito Santo de Deus é capaz de conduzir nossas ações dessa maneira.

Precisamos ter amor para perdoar verdadeiramente.  A Palavra nos ensina como deve ser este amor  : " O amor é paciente, é benigno; não arde em ciumes, não se ufana, não se ensoberbece, não se conduz inconvenientemente, não procura os seus interesses, não se exaspera, não se ressente do mal. " (1Co. 14.4-5). Tendo esse amor em nosso coração, consegyuiremos liberar perdão, porque o Espírito Santo nos orientará.

Com amor, em Cristo Jesus.










Leve o Pensamentos de Deus com você

Baixe o aplicativo na Play Store

Baixe o aplicativo Pensamentos de Deus gratuitamente na loja de aplicativos de seu celular e leia as mensagens onde estiver!

Desenvolvido por UPPERTEC.